quinta-feira, 23 de abril de 2015

NOTA DE FALECIMENTO

Faleceu no dia 19 de abril de 2015 a missionária Ana Maria Grüninger. Ela era suíça mas vivia na cidade de Asunção, capital do Paraguai desde o ano  de 1952. Nascida em 28 de setembro de 1918, faleceu, portanto, aos 97 anos, tendo prestado grandes serviços aos irmãos paraguaios, dedicando a obra missionária e terminou triunfantemente a sua carreira cristã. 

sábado, 18 de abril de 2015

Uma palavra de amor pela vida


Oh! eu quero viver, beber perfumes
Na flor silvestre, que embalsama os ares;
Ver minh'alma adejar pelo infinito,
Qual branca vela n'amplidão dos mares.
Castro Alves
 
Prof. Izaias Resplandes de Sousa
É provável que a maioria de nós já tenha dito que a vida é o presente mais precioso que Deus nos deu. Eu também já disse isso e acredito que assim seja.
Estando gozando da vida, temos a possibilidade de fazer qualquer coisa que desejarmos. Podemos até não conseguir nosso intento, mas não será por falta de oportunidade. Talvez seja por falta de fé... Jesus disse que tudo é possível ao que crê (Marcos 9:23). Talvez seja porque não tenhamos nos esforçado o suficiente para conseguir.

Um dos motivos pelos quais uma pessoa trabalha é o atendimento da satisfação de seus desejos. Podemos trabalhar para outras pessoas, fazer coisas para elas, mas o fim de nosso trabalho é atender a nós mesmos. Salomão assim escreveu: O trabalhador trabalha para si mesmo (Provérbios 16:26).

Leia mais em: 

Deus não guardou?

 Na segunda feira, como de costume, acordei cedo e juntamente com minha esposa,  lemos a bíblia, oramos e lemos o livro de meditação do irmão Marcos Campos e um capítulo do livro do missionário  Zigomar de Oliveira  Silva "Deus não faz o que você pode fazer".
Dei orientação para a minha esposa Rosangela sobre o trajeto que ela deveria percorrer até a rua da escola do nosso neto. Ele teria o seu primeiro dia na nova escola. A minha filha, Isangela Lins, iria junto e de lá seguiria para seu primeiro dia de trabalho em Campo Grande,MS. Antes de sair de casa, esta me perguntou: "Pai, o senhor não vai por a cadeirinha no carro?", eu respondi: "Não, é perto, depois eu ponho."
Quem estava dirigindo o carro era a minha filha, mas não seguiram a minha orientação sobre o trajeto. Na travessia da rua, já a meia quadra da escola,  um ônibus parou para que ela pudesse atravessar a rua. Contudo, ao passar pelo ônibus um carro que vinha na segunda fila, não viu o nosso carro e o acertou bem no meio. O meu neto cortou o canto do lábio direito e teve um pequeno corte na língua. Minha esposa, minha filha e a senhora que dirigia o outro carro não sofreram nem um arranhão. Nessa esquina tem uma padaria e ali todos foram solícitos em ajudar, inclusive pessoas que estavam simplesmente fazendo compras. Depois chegou o nosso sobrinho que é advogado, o chefe da minha filha com um enfermeiro, o Samu,  a polícia para fazer perícia, o corretor de seguro. Fomos bem atendidos, graças a Deus.

A pergunta é: " Deus não guardou a minha família? Posso pensar assim?"
Vamos voltar ao começo de tudo. No livro de Gênesis tem uma recomendação do Criador que o homem não deveria tocar na árvore do conhecimento do bem e do mal.
Gn. 2:16, 17  "E ordenou o SENHOR Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás."
O resto da história todos sabem, ele  e sua esposa ambos curiosos comeram daquele fruto proibido e a consequência se estendeu a toda humanidade. A morte se estendeu a todos seres humanos.
No Êxodo, Moisés ficou bravo,  ele deveria falar com a rocha, mas, ele bateu nela.
Nm. 20:8  Toma a vara, e ajunta a congregação, tu e Arão, teu irmão, e falai à rocha, perante os seus olhos, e dará a sua água; assim lhes tirarás água da rocha, e darás a beber à congregação e aos seus animais.
9  Então Moisés tomou a vara de diante do SENHOR, como lhe tinha ordenado.
10  E Moisés e Arão reuniram a congregação diante da rocha, e Moisés disse-lhes: Ouvi agora, rebeldes, porventura tiraremos água desta rocha para vós?
11  Então Moisés levantou a sua mão, e feriu a rocha duas vezes com a sua vara, e saiu muita água...
Era para ele falar e não ferir ou bater com sua vara.  Coisa simples, mas errada e o resultado desta atitude? Ele desejou muito entrar na terra prometida e o Senhor não o permitiu.
Você deve estar se perguntando: "O que este assunto tem a ver com o seu caso, o acidente do carro?

Eu respondo com outra pergunta:"Deus não guardou o nosso neto e nem o nosso carro? O que eu quero dizer é que nós sabemos o que devemos fazer e não fazemos. Todos sabem que devem andar nas estradas a 100 ou 110 km por hora, mas o que vemos diariamente nas estradas? Nas cidades também há desrespeito às leis de trânsito. Uma falta de educação, uma falta de sensibilidade com as pessoas e mesmo com as pessoas idosas e portadoras de necessidades especiais. 
No dia a dia com a família, onde se deveria tratar os de casa com carinho, amor, o que se vê é espancamento, briga, intriga e muitas outras "igas". No trabalho há leis severas para punir os sonegadores, mas lá estão eles sonegando. No governo nem quero mencionar.
Jesus no seu ensino no monte das Oliveiras disse " Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda". Mt. 7:24-27
Simplesmente não damos ouvido a voz de Deus e dos homens. Não acatamos os ensinos de Jesus Cristo, não os colocamos em prática. A  consequência  aparece. O resultado é este: criança machucada, carro danificado. Deus não guardou ou não colocamos em prática aquilo que aprendemos?
Jesus fala em Mt. 4:6,7 "Então o diabo o transportou à cidade santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra. Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus".
Quantas vezes não tentamos o nosso Deus e a consequência é destruição e miséria.
Deus prometeu nos dar proteção, mas precisamos fazer a nossa parte e obedecer as leis divinas e humanas.
Nós aprendemos  com este acidente que devemos ser mais e mais prudentes nas nossas ruas e no nosso dia a dia.
"Eu, porém, cantarei a tua força; pela manhã louvarei com alegria a tua misericórdia; porquanto tu foste o meu alto refúgio, e proteção no dia da minha angústia."  (Salmos 59 : 16)
Amém


sexta-feira, 17 de abril de 2015

EVANGELISMO EM ESCOLAS PÚBLICAS - PARINTINS/AM

Alunos da Escola Charles Garcia
No dia 11 de Abril de 2015, sob o comando do grupo de Jovens e adolescentes da Igreja Evangélica Neo Testamentária de Parintins, na pessoa da Irmã Débora Nunes, Líder do grupo, com o apoio do Pr. Alcemiro Filho do Templo Central e da Igreja Local, foi desenvolvido na Escola Municipal "Charles Garcia"o Projeto "Sementes do Bem", que visa levar a mensagem de salvação às crianças e adolescentes das Escolas Públicas do Município, através das músicas, teatro cristão, fantoches, sorteios de brindes, dinâmicas e lição bíblica.

Apresentação da Lição Bíblica "maçãs da tentação"APEC pela irmã Josiane 
                             O projeto foi apresentado na Escola Charles Garcia pela jovem Larissa Farias, que é membro da Igreja Neo Testamentária e também é funcionária da escola, foi analisado pela Coordenação e pelo Gestor e logo foi aprovado para ser desenvolvido no aniversário de sete anos do educandário. O projeto contou com o apoio do Pastor Alcemiro Farias Filho e da Igreja Central, com ativa participação dos jovens e adolescentes.

Irmã Débora Nunes com os visuais do versículo bíblico 
Irmão Leandro, novo convertido, dando seu testemunho de vida nova em Cristo
                
O grupo em frente à Escola Municipal Charles Garcia

Jovens cantando que obedecer é mais que importante, é prova de amor.

Irmãos: Júnior, Ana Paula, Gleyce, Rayana e Kelly com os louvores
Dc. Válber Abecassis
                                               

Equipe de Evangelismo a postos

Ir. Débora Nunes
 Há exatamente dois anos atrás um casal de pais ateus entrou com uma ação no Ministério Público para que fosse cancelado o momento de oração, a fim de que não fosse mencionado o nome de Deus como ensinamento pedagógico e também que não houvesse influencia nenhuma dos professores no que diz respeito a religião nas Escolas Públicas Municipais, pois não queriam que sua filha, que estudava em um Centro de Educação Infantil, ouvisse falar nada sobre Deus. Passados dois anos desse fato, que gerou polêmica no Município, SEMED, religiosos e Justiça, consideramos essa oportunidade como uma grande porta aberta para a propagação do Evangelho, mantendo sempre o respeito e tendo todos os cuidados possíveis para atender às determinações do MEC. 

Equipe feliz após o término do trabalho


Atualmente em nosso Município há um índice elevado de jovens que usam drogas, álcool, desde cedo entram no mundo do crime e até tiram suas próprias vidas por motivos banais. Então surge a nós, servos de Deus, as seguintes perguntas: Fugir, ficar olhando? ou fazer algo? Decidimos fazer, e enfrentamos muitas lutas, batalha espiritual ferrenha até que se concretizasse o que o Senhor queria, da maneira dEle. Após muita oração e ação, graças ao Senhor, tivemos vitória, e a semente foi lançada nos corações sedentos de Deus. 
Conta-se a história de um menino que foi abordado por um pastor que perguntou a ele: "O que você vai ser quando crescer? E a resposta do menino foi: -Bandido ou missionário! Depende de quem chegar primeiro".

 Não sei se chegaremos primeiro, mas sei que precisamos ir e levar a mensagem de salvação aos pequenos e grandes, precisamos lhes dar a oportunidade de uma nova vida com Cristo!


  


Portanto, sede firmes e inabaláveis, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que no Senhor o vosso trabalho não é vão. (1 Co. 15.58)






Culto na Igreja da Vila Planalto -- Campo Grande,MS

Domingo dia 05 de abril o culto evangelístico dirigido pelo Irmão Anderson Lobo teve a participação  especial da nossa irmã 

Isaura que é querida por todos os irmãos da Neo. 

Na escola dominical do 12  de abril, pela manhã, o ensinador foi o missionário da Bolívia, Otoniel Peña Mapatoto que ministrou o ensino da palavra com o tema: Promessas não cumpridas. A tradução para o português foi feita pelo irmão diácono Alberto Bascope. 
Otoniel reside em Santa Cruz de la Sierra - Bolívia.

A Igreja atenta no ensino do missionário Mapatoto.

Esta manhã estava linda a igreja e não precisamos 
nem dizer o porquê.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Chá da Amizade

 No segundo sábado do mês é realizado um chá evangelístico na Igreja Evangélica Neotestamentária da  Vila Planalto, Campo Grande-MS. 
Este chá é oferecido para todas as amigas, amigos e irmãos.


Geralmente entre as mulheres é escalada uma irmã para ministrar uma palavra de evangelização para as irmãs e amigas. Neste chá a pregadora foi Roseli Campos Vesenick.


Os homens se reúnem aparte numa sala. O pregador foi o missionário da Bolívia, Otoniel Peña Mapatoto.



Esta mesa estava linda com as lindas moças da igreja

As crianças também se fazem presentes nesta reunião.

Ficou linda a decoração do salão de evento com o toque especial da irmã Laura Gonçalves.

Para cada chá é escalada uma equipe para coordenar e servir os irmãos e visitantes. 
Neste mês a equipe foi coordenada pela irmãs  Glaúcia Torrezan e Dulce Nunes, tendo como auxiliares   Raquel Santana, Lurdes e Márcio Garcia.

Não pode faltar  torta no chá.


sábado, 11 de abril de 2015

Deleites e Necessidades


Prof. Izaias Resplandes
Não há nada pior do que orar, orar e orar a Deus pedindo uma coisa e não obtermos a resposta desejada. A impressão que a gente tem é que Deus não responde às nossas orações, porque não se interessa pela nossa causa.
Seria isso verdade? Há causas que Deus não interessa? Não disse Jesus: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á; Lucas 11:9.
O meu orar, orar e orar não é equivalente ao “pedir”, ou ao “batei”?
Por que Deus não responde certas orações? Essa é uma das inquietações dessa reflexão.

Ou será que Ele sempre responde, mas nem sempre da maneira que nós desejamos? Deixar de atender a um pedido é o mesmo que não responder? Dar algo diferente do que foi pedido é responder?

Continue lendo em:

sexta-feira, 10 de abril de 2015

No meio do Pantanal um Batismo

Recebi um vídeo* do Pr. Roque Nascimento caminhando dentro da águas com grupo de irmãos da Igreja do Retiro S. Bento  a 130 km de Barão de Melgaço por terra e 5 horas de barco. Devido a altura da água torna-se difícil  o funcionamento do motor de popa. Torna-se então necessário usar a zinga (uma vara) que vai empurrando o barco. Nisto gastasse duas horas.

Depois de 45 minutos andando dentro d'àgua acharam um lugar para fazerem o batismo da irmã Gonçalina da localidade do Retiro S. Bento.


 Esta imagem nos inspira a trabalhar pelo reino dos céus. 

Pr. Roque  Nascimento e a irmã Gonçalina.

Este é um dos Pastores que atende a necessidade das ovelhas e obedece o ensino de Jesus Cristo: Ide, pregai o evangelho, ensinando e batizando em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Parabéns aos irmãos da localidade do Retiro S. Bento.

*No G+ tem um vídeo desta caminhada.



terça-feira, 7 de abril de 2015

Nos dias 2 a 5 de abril eu e minha esposa, mais dois netos viajamos para a cidade de Sorriso-MT, que fica há 340 quilômetros de Tangará da Serra-MT, onde moramos.
Na oportunidade visitamos alguns lares dos irmãos e ministramos estudos da palavra de Deus, com dois temas:
1º - Solucionando o Problema da Igreja Local - I Pedro 4:7- 11; Mateus 20: 6-7;
2º - Requisitos para Pastores - Provérbios 28:2.No domingo de manha foram batizados 2 (dois) irmãos: Francisco Pereira dos Santos (51), e Deuselina Souza da Silva (49). 
A irmã Deuselina tem um problema de saúde, faz uso o tempo todo de oxigênio para os pulmões, no momento preocupei como podia ser batizada, pois segundo ela poderia ficar ate duas horas sem oxigênio. 
Mesmo assim ela queria muito ser batizada nas águas de um rio, que não era próximo, fez uma proposta que levaria a "bombinha" um tipo de inalador spray manual. Foi aí que pensei em ungi-la, depois de uma leitura da palavra de Deus.
Aconteceu que no outro dia, o dia do batismo a irmã estava lá no local do batismo, muito feliz, apesar de ter esquecido o inalador.
Após o batismo pedi que a levasse para casa urgente, e fomos para o local da igreja, quando chegamos la estava a irmã sem "bombinha" e dizendo que ia participar do almoço na igreja, indo embora somente às 15 horas. Daí que percebi o que o Senhor havia feito por aquela irmã.
Foram dias maravilhosos de comunhão, sem contar as boas refeições servidas pelos irmãos.
Os cultos estão sendo realizados ali normalmente pelos próprios irmãos, com o irmão Edimar a frente da obra, porém nem sempre é possível estar presente devido ao trabalho, e na medida do possível vem atendendo a obra ali.
Oremos para que o Senhor levante um pastor para aquele local.

Agradecemos a todos pelas orações e apoio ao nosso trabalho. Abraços em Cristo.





Ação missionária da U.M.N.T. com os Terenas

Atividade com as crianças Terenas- Anastácio,MS

A U.M.N.T. foi convidada para participar da 43ª Conferência das Igrejas UNIEDAS, em Anastácio,MS, cujo tema era renovação da Aliança, Js. 24:15, para ministrar estudos  às crianças das aldeias Terenas. Uma equipe de 24 membros das Igrejas Neotestamentárias participaram desse evento.

Vinte irmãos eram da Igreja Evangélica Neotestamentaria da Planalto em Campo Grande,MS e quatro irmãos eram da Igreja Evangélica Neotestamentária de Corumbá. Nossa participação começou no dia 4 as 8:00 horas até aos 10:30 e depois do almoço das 14:00 às 16:00. Foram ensinados corinhos, versículos bíblicos  e abordou-se a escravidão e a libertação do povo de Israel do Egito. Nesse contexto ensinou-se sobre as dez pragas do Egito com ênfase na última, porque foi o momento de falar da verdadeira páscoa. Neste dia, estiveram presentes 50 crianças de várias aldeias terenas e também  Xavante e Kadweu. Cada um dos irmãos da equipe "Ação Missionária" teve sua participação.


No final do estudo foi servido para as crianças um cordeiro com ervas amargas e pão asmo.

No domingo, depois de uma forte chuva, lá estava a equipe da  "Ação Missionária" com um grupo menor porque os irmãos de Corumbá e alguns de Campo Grande tiveram que retornar no sábado, a tarde. Contudo, o ânimo da equipe era o mesmo.
As 9:00 horas as crianças foram novamente para o salão de reunião onde havia colchões e mochilas para todos os lados, visto que muitos dos irmãos Terena haviam se hospedado ali. Arrumamos o nosso espaço e cantamos repetidas vezes o corinho "Jesus ressuscitou".

Depois, fizemos o mesmo com o verso de 1 Coríntios 15:3,4 para que as crianças pudessem  memorizar. A mensagem ficou a cargo da missionária Rosangela Almeida que falou sobre a  "páscoa escondida". Ela, utilizando um "grande ovo",  ia retirando objetos relacionados a vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo.


 Dentre as figuras tiradas tinha o pão e um cálice de vinho representando o corpo e sangue do Senhor Jesus Cristo. A missionária Rosangela teve a oportunidade de falar do Cristo Vivo, ressuscitado e da Nova Aliança.

 As crianças ficaram boquiabertas e algumas emocionadas de ver tanta coisa  que aconteceu com aquele Cordeiro que foi morto e ressuscitou ao terceiro dia.
Nesta manhã servimos para as crianças o pão e suco de uva e algumas guloseimas, numa cestinha ofertada pela irmã Fleudina Quintanilha, da APEC/MS e preparada como todo esmero pelas irmãs, Laura Mosciaro Gonçalves, Elisandra Bascope e suas filhas Camila e Andressa, da Igreja Neotestamentária da Planalto. 
Foram distribuídos literatura sobre a vida de Cristo Jesus, pelo irmão Ronaldo Morinigo.
Vinte e duas crianças receberam o Senhor Jesus Cristo como Salvador.

Ao meio dia todos os irmãos presentes na Conferência foram convidados para participar da mesa do Senhor. 

O pastor Jader Jorge de Oliveira agradeceu a equipe da U.M.N.T. e lembrou o encontro dele juntamente com o missionário Lourenço Buckman quando estiveram em 2012 no escritório da missão, renovando  aí um laço de amizade que estava esquecido.

Lourenço Buckman na casa da Missão.

A Conferência foi encerrada com um churrasco para os presentes. Mesmo nós, que somos acostumados em acampamento, ficamos surpresos com a organização e rapidez com que todos foram servidos.

A equipe da "Ação Missionária"  voltou cheia de alegria  para Campo Grande. A noite, no culto de evangelização, o irmão Claudionor José Nunes fez um relatório  a Igreja presente.

Irmão Claudionor José Nunes


Fica aqui o nosso agradecimento ao Pastor Jader e a todos os irmãos Terenas pela excelente acolhida na Igreja de Anastácio,MS.


 Será editado um vídeo desta atividade e em tempo oportuno será mostrado nas igrejas e nos acampamentos das Igrejas Neotestamentárias.


Josué 24:15
 "...Escolhei hoje a quem sirvais... porém eu e a minha casa serviremos ao SENHOR".