sexta-feira, 29 de agosto de 2014

A IGREJA DE BARÃO DE MELGAÇO, COMEMORA 80 ANOS DA IRMÃ IRENE



       
O Senhor te abençoe e te guarde;
O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti;
O Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz;
Número 6: 24 25 e 26.
A igreja de Barão de Melgaço, no dia 24 de Agosto de 2014, esteve reunida na casa da irmã Irene do Nascimento, mãe do Presbítero Roque do Nascimento, para a comemoração dos seus 80 anos.
       
 Ao redor de uma mangueira centenária que serviu de abrigo aos convidados, com sua sombra exuberante, acolhendo perto de 150 pessoas vindo de várias localidades do estado de Mato Grosso.


                    
 Os Missionários Ademar e Elizabeti da cidade de Tangará da Serra, Paulo Cezar e Marinalva de Rondonópolis, reconheceram o trabalho, o amor e sua fé demonstrada ao longo destes anos que conviveram com ela e com seu saudoso esposo, Otacílio.
      
Foi um dia especial, especial para para todos que se fizeram presente ao grandioso evento proporcionado pelos  08 filhos, 26 netos e os 20 bisnetos.
      

       
                   
                   
      
      
      
      
Todos os que conhecem a irmã Irene sabe das suas muitas qualidades: Mãe, amiga, irmã, conselheira, ajudadora, educadora, doadora, dedicada, feliz, fiel e filha de Deus.  Essa irmã que no trato com qualquer pessoa, possui um perfil em extinção nestes últimos tempos: seu coração e seu lar sempre estão de portas abertas, de dia ou de noite, sempre com uma palavra boa ao cansado, e preocupada com o desventurado para lhe ofertar algo que possa recuperar as forças e continuar a caminhada da vida. Possuidora de um espírito alegre, dotada de um comportamento divertido e cheia de brincadeiras que a todos encantam.

Seus filhos testemunharam da luta que foi criá-los durante um longo período de muitas dificuldades, advindo de um acidente ocorrido com o seu saudoso esposo o irmão amado Otacílio, embora em face da possibilidade de ter que doar seus filhos, ela resistiu e fez que todos crescessem juntos, não importando o tamanho dos problemas.



 Todos expressaram, a amada irmã Irene sua gratidão pelos seus 80 anos de vida, que inspiram os mais jovens a viverem de um modo digno, honrado de obediência ao Soberano Senhor e Deus de todos nós.

  
Seus filhos (as).

      1 - Rosinha.
      2 - Maria Benta & Antônio Soares.
      3 – Oraide & Vadinho
      4 – Aristeu & Ana, in memória.
      5 - Benta
      6 – Roque & Maria do Carmo.
      7º - Manoel Antonio (Nino) 
      7ª - Antonio Manoel (Neno) & Lucimar.
      8º – Graciete & Carlos de Arruda.
        
        





Os filhos, Netos e Bisnetos, apresentou uma peça teatral muito simples, mas que retratou com originalidade o momento em que todos se reuniam para as refeições: Os conflitos de crianças levadas que disputavam pratos com comidas e outros que reclamavam do que tinham para alimentação, e pai Otacílio intervinha com cascudos que impunham respeito e ordem no ambiente, tudo preparados com carinho pela sua dedicada esposa a irmã Irene. A peça teatral bem simples, mas autentica.






   

   

   


          No final do evento festivo, foi servido um churrasco preparados pela família e também um lindo bolo que foi servido aos presente neste evento de comemoração dos 80 anos da nossa amada e querida irmã Irene Souza do Nascimento

Presbítero Ivon Pereira da Silva e sua amada esposa Joneide Montezuma



















































































quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Convocação

Eu, Cleuza Inácio Pereira, na qualidade de presidente da Igreja Evangélica Neotestamentária de Araçatuba,SP, convoco para a Assembléia Geral, no dia 27 de setembro de 2014  na sede da Igreja  a rua Coelho Neto, número  1.196, às 18:00 horas. O temário da reunião será:
Prestação de contas do ano 2012-2014.
Eleição da nova diretoria 2014-1016 
e temas de interesse geral 


Cleuza Inácio Pereira
Presidente

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Poxoréu (MT)

A existência de Deus

Eu já fiz muitas coisas erradas nessa vida, mas nunca duvidei da existência de Deus. Desde criança eu aprendi que Deus existe. Para mim, portanto, isso sempre foi fato e ponto. Infelizmente esse meu ponto não era um ponto final, posto que aqui esteja, no dia hoje, refletindo sobre esse assunto, o qual tanta gente já deve ter estudado e analisado até aos mínimos detalhes.
E por que isso agora?
A questão é simples. Numa de minhas aulas de Matemática um aluno deu uma gargalhada
tão alta que chamou a atenção de todos nós que estávamos na sala. Ficamos parados esperando que ele se explicasse. Então ele disse quando lhe perguntei o que estava acontecendo: “Um colega acaba de escrever aqui no ‘WhatsApp’ que ‘Deus está em toda parte’; que bobão!”
WhatsApp Messenger é um aplicativo de mensagens que permite trocar mensagens pelo celular sem pagar por SMS (Wikipédia).
SMS significa “Serviço de mensagens curtas”.  Vem do inglês ‘Short Message Service’.  É um serviço disponível em telefones celulares digitais que permite o envio de mensagens curtas entre estes equipamentos e entre outros dispositivos de mão, e até entre telefones fixos,  popularmente conhecidas como mensagens de texto (Wikipédia).
Aquela fala foi um tapa na minha cara. ‘Mas isso não é
verdade?’ - perguntei-lhe. E sua resposta: ‘É claro que não, professor! Deus não existe!’.
Eu fiquei sem ação por alguns minutos, principalmente porque esse aluno era filho de pais crentes em Deus, e atuantes em igrejas tradicionais de Poxoréu. Pensei: realmente, os inimigos de um homem são os de sua própria casa.
E então comecei a refletir sobre esse assunto. Se existe dúvida, nós temos que perquirir, temos que investigar.
“Porventura fixarás os teus olhos naquilo que não é nada? Porque certamente criará asas e voará ao céu como a águia”. Provérbios 23:5
Na conversa que tive com aquele adolescente e com outro que aderiu à conversa na mesma condição do primeiro, perguntei sobre suas origens e me disseram que eram produtos da evolução.
Perguntei se era da ‘evolução do nada’ e me disseram que não; que se originaram a partir do big bang, a grande explosão, da qual, em tese, teria surgido o universo.
Muito bem... Se surgiram da pequena bola de matéria tão condensada que explodiu em milhares de fragmentos, evoluindo estes para o que hoje existe, pergunto apenas o seguinte: essa bola de matéria é eterna? Ela sempre existiu? Ou ela também foi criada por alguém?
Se a matéria sempre existiu, então seu deus seria a matéria, já que você entende que foi criado por uma evolução natural dela. Se ela foi criada, quem a criou? Para mim, que o eterno existe é fato indiscutível, posto que não consigo explicar a origem de qualquer coisa a partir do nada. Assim, há que ter uma origem eterna. A essa eu chamo Deus.
Bem, mas eram perguntas sobre perguntas. De fato, o aposto Paulo está certo quando diz que “há muitas espécies de vozes no mundo, e nenhuma delas é sem significação”. 1 Coríntios 14:10.
Havia o que aprender naquela conversa e também o que
ensinar. Isso sem falar que eu era um professor e ele era um aluno. Então prosseguimos na conversa, sem exaltar os ânimos.
E assim ele me arguiu: Professor, se Deus existe, porque acontecem tantas coisas ruins?
Isso já era mais fácil de responder e disse-lhe que Deus nos criou com livre arbítrio, para que possamos decidir sobre o que desejamos fazer de nossa vida.
Os pais dizem aos seus filhos menores o que devem ou não fazer e estes obedecem até o dia em que se acham crescidos o suficiente para tomarem as suas próprias decisões.
Assim também foi na relação de Deus com o homem. No princípio, quando havia somente Deus e nossos primeiros pais, Adão e Eva, que moravam no Jardim do Éden, havia uma ordem do Pai para que não comessem do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comessem, certamente morreriam.
Era uma ordem de um Pai para suas crianças. E certamente
elas obedeceram a essa ordem por muitos e muitos anos, até o dia em que entenderam ter crescido o suficiente para arcarem com as consequências. E então tomaram sua própria decisão. E comeram do fruto até então proibido e muito sofreram com as consequências, porque ainda não estavam preparados.
Por questão de segurança, da segurança deles, que poderiam então ousar enfrentar o próprio Deus e serem destruídos, eles foram expulsos do Jardim do Éden. Adão teve que trabalhar a terra para dela tirar o sustento. A mulher passou a ter filhos com dores e a própria Terra se encheu de pragas e ervas daninhas perniciosas.
Diz a Bíblia: Sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora. E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo. Rm 8:22-23
Sim, Deus nos criou, disse aos meus alunos. Mas o que
acontece conosco não é vontade de Deus. É verdade o que diz o cantor pantaneiro “Almir Sater” em sua música intitulada “Tocando em Frente”. “Cada um de nós compõe a sua história. Cada um de nós carrega o dom de ser capaz e ser feliz!”
Nós somos os únicos responsáveis pelo que acontece conosco.
Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Tiago 1:13
Se o homem sofre, sofre porque escolheu um caminho de sofrimento. Mas a vida de um homem pode ser diferente, conforme sejam melhores as suas escolhas. Deus não é tirano. Ele permite que nós façamos as nossas escolhas.
Mas não é difícil crer que ele existe. A Bíblia relata que até os demônios creem, como por exemplo, na existência de um só Deus. Tiago relata isso em 2:19.
“Tu crês que há um só Deus; fazes bem. Também os
demônios o crêem, e estremecem”.
Mas é preciso ter fé para crer além desse ponto, para crer que Deus não apenas existe, mas que também deseja o nosso bem e está pronto para ficar do nosso lado, se nós desejarmos ficar do lado dele também.
Hebreus 11:6 nos ensinam que “sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam”.
A fé é a crença nas possibilidades. Eu tenho fé em Deus, de que Ele vai nos ajudar a tirar todas as nossas dúvidas sobre tudo o que desejamos saber, inclusive sobre a própria existência dele.
Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Hebreus 11:1
E esse mesmo Deus que nós estamos discutindo a existência e que não duvido que exista, também é aquele que pode aumentar a nossa fé e a nossa sabedoria.  Tiago nos ensina que: “Se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada. Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte”.Tiago 1:5-6
Mas a aula terminou e eu tive que sair. E então passei o final de semana seguinte pensando nesse assunto, enquanto viajava de Poxoréu, MT, até a cidade de Barretos, SP, onde fui assistir ao matrimônio de um sobrinho e depois na volta para casa.
Quanta coisa aprendi durante essa longa jornada! Deus foi falando comigo através das páginas de seu grande livro “A Natureza”. Ele foi me mostrando a harmonia da sua criação.
Ele me encantou com lindos ipês coloridos de amarelo, de roxo, de branco e lilás. Mostrou-me outras plantas lindamente floridas. E ele me mostrou essas lindas floradas tanto em Mato Grosso, como em Goiás, em Minas Gerais, em São Paulo e em Mato Grosso do Sul. E eu também ouvi no Jornal “Bom Dia, Brasil”, da Rede Globo de Televisão que os ipês estão floridos por toda parte, nesta época do ano.
Eu me encantei com as águas dos grandes rios que atravessei
como o Rio Paranaíba, na divisa de Goiás com Minas Gerais e o Rio Grande, na divisa de São Paulo com Minas Gerais. Eu vi uma ponte espetacular sobre o Rio Paranaíba, próximo à cidade de Paranaíba, MS. Aquela ponte é uma grande obra do homem. E eu sei que ela nem chega perto de outras obras, que são consideradas como as maravilhas do mundo. Mas para mim, já era o suficiente para entender que somente alguém muito inteligente poderia criar outro alguém com inteligência capaz de fazer essas construções. Isso não é obra do acaso. Deus está por traz dessas construções magníficas, porque foi ele que nos criou com tanta capacidade. A capacidade que temos nos foi dada pelo grande Arquiteto e Criador do Universo, Deus Pai.
Em Barretos eu vi um vaqueiro metálico de 27 metros de
altura e muitas das belas descobertas do homem brasileiro que durante muito tempo ocupou o centro de nossas vidas, como por exemplo, o carro de bois.
Ah, meus queridos! Meu pai foi carreiro. E sempre que vejo um carro de bois eu me recordo de meu pai, que sofria trabalhando com meus irmãos mais novos nas lidas dos carretos, lá no pequeno município de Torixoréu onde eu nasci, para dar condições, para que eu pudesse ficar estudando em Alto Araguaia, MT.
Eu me emociono muito quando trago essas lembranças. E então pergunto: Por que pessoas tão boas como o meu pai e meus irmãos foram colocados em minha vida, para me amarem e cuidarem de mim? Por que existem tantas e belíssimas paisagens nesta Terra para nos encherem os olhos de alegria?
Isso não é obra do acaso! A criação é resultado de uma mente muito inteligente! Em todos os lugares, brotam ipês, cujas floradas podem ser distintas e individualizadas, mas em todas elas nós encontramos um único padrão de existência. Cada semente de ipê traz em si o DNA do Ipê que nos permite reconstituir essa árvore. Cada ser vivo da natureza, inclusive nós, trazemos a essência da inteligência de Deus em todo o nosso ser, até mesmo em um simples fio de cabelo.
Isso não é obra do acaso. O acaso não é inteligente. Os ventos
sopram para qualquer lado. A ventania pode ser obra do acaso, mas a organização de todas as células, de todos os átomos e de toda a criação não tem condições de ser obra do acaso.
Eu posso não ver o Deus que eu gostaria de ver, mas pela minha fé e pelos meus olhos, eu vejo Deus por toda parte. Vejo um Deus bom, um Deus amoroso, um Deus misericordioso e que se preocupa comigo. Começo a vê-lo em mim mesmo, depois em meus pais e familiares que se importam comigo. Há muita gente no mundo que nem sabe da minha existência e que não se importam se eu existo. Por que meus familiares se importam? Por que muitas pessoas próximas de mim se importam comigo?
A Bíblia relata uma conversa de Deus com Caim, que havia acabado de matar a seu irmão Abel:
E disse o Senhor a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: Não sei; sou eu guardador do meu irmão? 
Essa é a resposta do mundo: cuida da sua vida, deixe que eu
cuide da minha. Me deixa em paz! Ninguém quer se importar. Mas Deus colocou dentro de nós sua essência de bondade e de amor de uns para com os outros. E é essa essência divina em nós, que nos faz gostar e até sofrer por alguém, se for o caso. Essa é mais uma das evidências da existência de Deus.
Meus queridos... Não tenho dúvidas em dizer que tenho grande amor por minha família, por meus irmãos, meus filhos, minha esposa, meu neto e por todos os demais com quem convivo. Não tenho dúvidas em dizer que sou capaz de fazer certos sacrifícios por causa deles. Para mim, isso é amor. Amor que foi colocado em mim por Deus e não pelo acaso evolutivo de sua criação.
Nós o amamos a ele porque [Deus] nos amou primeiro. 1 João 4:19
Eu creio nisso! Eu vejo assim! E desafio você a crer e a ver também. E então você não terá dúvidas da existência de Deus.
E ao encerrar quero dizer que tudo o que de Deus se pode
conhecer, Ele mesmo o revelou através das coisas que são criadas.
Você quer ver Deus? Você quer sentir Deus? Você quer apreciar a grandeza, a beleza e a majestade de Deus? Então abra os olhos.
Deus não está longe de você. Ele está dentro de você e você está dentro dele. Deus está em nós e nós estamos nele. “Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração”. Atos 17:28.

Que Deus nos abençoe e nos abra os olhos do coração para vermos o que Ele deseja nos mostrar.